Unidades: Sulacap e Nova Iguaçu
(21) 99668-8869

Escolas de Aprendizes-Marinheiros: Como ingressar?

Escolas de Aprendizes-Marinheiros: Como ingressar?

Aprendiz-de-marinheiro
Foto: Reprodução/ Internet

Receba as principais informações sobre o concurso público de admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros.

Está curioso sobre como se tornar um aprendiz de marinheiro? Este artigo é destiando a você! Sendo uma oportunidade ideal que vai ajudá-lo a compreender como funciona o concurso público, os principais requisitos e todo o processo de admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros (EAM). Vamos lá?

Primeiramente, o ingresso às Escolas de Aprendizes-Marinheiros é feito através de um concurso público que exige o ensino médio completo.

Principais requisitos

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • Ter 18 anos completos e menos de 22 no dia 1º de janeiro do ano do curso;
  • Ter concluído o Ensino Médio ou estar em fase de conclusão;
  • Exclusivo para sexo masculino;
  • Estar em dia com as obrigações civis e militares.

No último edital foi exigido altura mínima de 1,54m, e a máxima de 2,00m. Além disso, de acordo com ele os candidatos também não podem ser casados ou ter constituído união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver sujeito aos regulamentos da Escola de Aprendizes-Marinheiros.

As Escolas de Aprendizes-Marinheiros

As escolas são a porta de entrada para aqueles que desejam se tornar Praça da Marinha, que nada mais é do que militares que entram com ensino médio ou técnico. Você sabe quais são essas escolar? Existem quatro no país que ficam localizadas em:

  • Santa Catarina (EAMSC), em Florianópolis;
  • Ceará (EAMCE) em Fortaleza;
  • Pernambuco (EAMPE), em Recife
  • Espírito Santo (EAMES), em Vila Velha.

O candidato pode escolher em qual Escola deseja cursar na hora de realizar a inscrição.

O curso de Formação

Foto: Reprodução/ Internet

O curso tem duração de 48 semanas sob regime de internato. Nesse sentido, a primeira fase corresponde a formação militar-naval, Aprendiz de Marinheiro. Já a segunda fase corresponde a estecialização técnica inicical e continuada, em até três áreas escolhidas no ato da inscrição, Grumete.

A princípio, enquanto estiver no curso, o aluno é considerado Grumete e após a sua formatura torna-se Marinheiro com formação técnica dentro da Marinha. A carreira das Praças inicia-se na graduação de Marinheiro, seguida por Cabo, Terceiro-Sargento, Segundo-Sargento, Primeiro-Sargento e Suboficial.

Quais são as etapas do concurso?

Normalmente, o concurso é composto por seis etapas de seleção. Sendo assim, a primeira etapa é constituida por uma prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, contendo 50 questões de conhecimento gerais das seguintes matérias:

  • Matemática;
  • Português;
  • Ciências (Física e Química);
  • Inglês.

Eventos complementares, de caráter eliminatório, constituídos de:

  • Verificação de Dados Biográficos (VDB);
  • Inspeção de Saúde (IS);
  • Teste de Aptidão Física (TAF) – Natação e Corrida;
  • Avaliação Psicológica (AP);
  • Verificação de Documentos (VD); e
  • Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração (PH).

Como é composto o curso de formação?

É composto por um período de adaptação (eliminatório) e o Curso de Formação (eliminatório e classificatório).

Benefícios Durante o Curso:

O Aprendiz-Marinheiro receberá auxílio de R$ 1.303,90, sendo R$ 1.105,00 de soldo militar, R$ 143,65 de adicional militar e R$ 55,25 ao adicional de compensação por disponibilidade militar. Além disso, o curso é gratuito com alojamento, alimentação, ajuda para aquisição de uniformes, assistência médico-hospitalar e alimentação.

Situação após o curso

O Grumete presta juramento à Bandeira em cerimônia na Escola e é promovido a Marinheiro, dentro de uma das três áreas escolhidas, sendo assim incorporado ao Corpo de Praças da Armada (CPA). Ele permanece três anos nesta graduação.

No primeiro ano, é designado para servir (preferencialmente), a bordo de Navios da Marinha e também deve escolher dentro de sua área qual especialidade irá cursar no terceiro ano. No total, a Marinha oferece cerca de 30 especialidades.

Qual salário de um marinheiro da MB?

Por fim, os rendimentos chegam a R$ 2.294,50, sendo R$ 1.765,00 o soldo, R$ 229,45 de adicional militar, R$ 211,80 de adicional habilitação e R$ 88,25 de adicional de compensação por disponibilidade militar.

Fonte: Marinha

Confira também: Fuzileiro Naval: Sai edital com 960 vagas

Compartilhar em:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *