Unidades: Sulacap e Nova Iguaçu
(21) 99668-8869

Concurso PC-RJ 2021: Tudo sobre os cargos de Inspetor e Investigador

Concurso PC-RJ 2021: Tudo sobre os cargos de Inspetor e Investigador

pc
Foto: Reprodução/ Google

Você deseja ingressar na Polícia Civil? Conheça os benefícios e diferenças dos cargos de Inspetor e investigador!

Atenção, concurseiro! Você que deseja fazer parte da Polícia Civil, mas possui dúvidas sobre como é a atuação como Investigador e inspetor, leia esse artigo e fique por dentro das principais informações sobre as áreas.

Polícia Civil

A Polícia Civil, de modo geral, é a responsável pela parte investigativa, administrativa e processual da atividade policial no país.  A também chamada de Polícia Judiciária, está diretamente relacionada à atividade investigativa e busca de evidências.

A Polícia Militar é a força responsável pelo policiamento ostensivo, ou seja, ela é quem coíbe as ilicitudes de maneira imediata. Enquanto a Polícia Civil é mais voltada para investigação, a Militar é dedicada à vigilância e repressão imediata de atos criminosos ou ilícitos. 

Inspetor x Investigador: Quais as diferenças?

A princípio, ambos são cargos do setor público com ingresso por meio de concurso. No entanto, a maior diferença entre inspetor e investigador está, primeiramente, no nível hierárquico. Além disso, a escolaridade requisitada também é diferente.

Para ser inspetor, é necessário possuior nível superior completo em qualquer área, enquanto, para ser um investigador, precisa ter o ensino médio completo. Em relação a remuneração, varia de acordo com o estado de atuação, o salário de inspetor é de R$6.280,31, enquanto o de investigador é de R$5.740,38.

Inspetor:

O inspetor é o agente de investigação e inteligência da polícia judiciária, que atua nos inquéritos policiais em apoio ao Poder Judiciário, com a finalidade de apurar a autoria e a tangibilidade das infrações penais. Nesse sentido, ele desempenha o trabalho de investigação, ou seja, procura provas, indícios e outras pistas que auxiliem na solução de um crime que já ocorreu.

Entre suas principais atribuições estão:

  • Realizar investigações no intuito de descobrir indícios de autoria e materialidade de crimes;
  • Cumprimento de mandados de prisão ou busca e apreensão;
  • Dar suporte às autoridades superiores, em assuntos técnicos especializados e fiscalização de trabalhos de segurança, investigações e operações policiais;
  • Operações policiais;
  • Atuação em grandes eventos;
  • Atividades relacionadas à segurança pública, em defesa da sociedade.

Investigador:

O investigador é um dos profissionais que atuam na Polícia Civil. Os profissionais são subordinados aos oficiais de cartório e inspetores da polícia, integrando a área de investigação e prevenção de crimes da corporação civil do Estado.

De acordo com a  Lei nº 3.586/01, o investigador policial integra o grupo de agentes de polícia estadual de investigação e prevenção criminais. Entre suas funções estão exercer, com autonomia ou sob supervisão, trabalhos relacionados ao transporte de autoridades, garantindo-lhes a segurança, a condução de viaturas policiais, ostensivas ou não.

Outras funções:

  • Identificar, localizar e interrogar suspeitos;
  • Coletar;
  • Elaborar relatórios de investigação;
  • Cumprir mandados judiciais e efetuar prisões;
  • Escoltar presos;
  • Manter a segurança de locais em investigação;
  • Dirigem viaturas oliciais da corporação, conduzindo e garantindo a segurança de autoridades, depoentes ou suspeitos.
  • Investigações e operações policiais, com vistas à prevenção e à apuração de condutas que caracterizem ilícitos penais;
  • Realizar atividades envolvendo operações em diversos aparelhos de telecomunicações integrantes do sistema de telecomunicações de segurança.
  • Conservar, manusear e portar armas de fogo.

Concurso PC RJ 2021: 864 vagas!

O concurso para PC RJ, Polícia Civil do Rio de Janeiro, é um dos mais aguardados entre os concurseiros de plantão. A seleção está em andamento e o processo de escolha da banca organizadora do concurso já foi iniciado.

A oferta é de 864 vagas. Entretanto, a oferta inicial é de 73 vagas, distribuídas entre os cargos abaixo.

Cargos:

  • Auxiliar de necropsia (nível fundamental)
  • Técnico de necropsia (nível médio)
  • Investigador (nível médio)
  • Inspetor (nível superior)
  • Perito legista (nível superior)
  • Perito criminal (nível superior)
  • Delegado (nível superior)

Obs: Os salários iniciais poderão chegar a R$18 mil.

Por fim, é importante lembrar que o governador em exercício, Cláudio Castro, anteriormentente deu previsão de que os editais seriam publicados até junho deste ano. Outra confirmação foi que sairá um edital para cada cargo autorizado.

Sete bancas estão na disputa para comandar as etapas de seleção. São elas:

  • Fundação Getúlio Vargas (FGV);
  • Cebraspe;
  • Instituto AOCP;
  • Instituto Selecon;
  • IBFC;
  • IBGP Concursos;
  • Idecan.

Confira também: PGE vai liberar os editais da PCERJ

Compartilhar em:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *